Ir para o conteúdo
ou

Tela cheia

Quem somos

20 de Fevereiro de 2018, 21:35 , por Administração Rede Observatórios do Trabalho - 0sem comentários ainda | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 36 vezes

A Rede Observatórios do Trabalho é uma rede de produção de conhecimento sobre o mundo do trabalho, aplicado ao aprimoramento das políticas públicas. A Rede tem como objetivo estimular a produção de conhecimento para subsidiar o debate público e o diálogo social, nos âmbitos nacional e subnacional, acerca dos desafios para se assegurar trabalho digno e contribuir para o aperfeiçoamento das políticas de trabalho no Brasil.


A construção da Rede Observatórios do Trabalho, prevista nas Resoluções do II Congresso Nacional do Sistema Público de Emprego, Trabalho e Renda, realizado em 2005, vem se concretizando desde 2015, no âmbito do Convênio MTE/SPPE/CODEFAT n° 003/2014, firmado entre o Dieese – Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos e o MTE, hoje MTb – Ministério do Trabalho. Entre os objetivos e finalidades do Convênio, estão iniciativas conjuntas com o ONMT/SPPE/MTb – Observatório Nacional do Mercado de Trabalho da Secretaria de Políticas Públicas de Emprego do MTb, com participação do CODEFAT - Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador, para identificar e articular conselheiros/as de políticas públicas, técnicos/as e gestores/as de órgãos públicos dedicados às políticas no campo do trabalho, técnicos/as de Observatórios do Trabalho e pesquisadores/as de universidades ou centros de estudos que já produzem informações e conhecimento no campo do trabalho.


O sítio redeot.colivre.net, doravante designado como RedeOT, é uma plataforma digital interativa que integra serviços de publicação web e de comunicação por email para dar suporte aos membros da Rede Observatórios do Trabalho.


As atividades de promoção do desenvolvimento da Rede Observatórios do Trabalho são de competência da SPPE/MTb, conforme estabelecido pelo Decreto Nº 8.894, de 3 de novembro de 2016, cap. III, Seção II. Dessa forma, a SPPE/MTb assume o fomento e a manutenção da plataforma RedeOT, sendo sua administração geral encargo do Comitê Gestor da Rede Observatórios do Trabalho, instância de gestão democrática, prevista no estatuto da Rede Observatórios do Trabalho, que pode, de acordo com seu Regimento Interno, prover os meios e designar pessoas responsáveis pela administração operacional do ambiente. No entanto, dadas as características do serviço, a administração de conteúdos e seu acesso é distribuída entre os criadores ou administradores de comunidades e também entre os próprios usuários do ambiente, ao publicarem suas colaborações.


Para saber mais sobre a Rede Observatórios do Trabalho acesse o Caderno Metodológico dos Observatórios do Trabalho: Conhecer para transformar.


0sem comentários ainda

Enviar um comentário

Os campos são obrigatórios.

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.