Ir para o conteúdo

Release do Mercado de Trabalho Formal da Bahia - Julho 2017

0 sem comentários ainda Ninguém está seguindo este artigo ainda. 21 visualizações

Em julho de 2017, Serviços e Indústria de transformação registram maiores saldos positivos no emprego formal da Bahia

 

Em julho de 2017, registrou-se um saldo de 35.900 empregos formais com carteira assinada no Brasil. Este saldo foi superior ao do mesmo mês em 2016, quando o resultado foi de -94.724 empregos. No ano, o saldo com ajustes das declarações entregues fora do prazo1 foi de 112.580 empregos celetistas. No acumulado dos últimos doze meses (agosto de 2016 a julho de 2017), o saldo ajustado registrado foi de -618.688. Esses dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados em 15 de agosto de 2017, pelo Ministério do Trabalho (MTb).

A Bahia apresentou saldo de 847 empregos celetistas em julho de 2017, resultado superior ao do mesmo mês do ano passado (-7.285). Em julho de 2017, o saldo da Bahia foi obtido pela diferença da movimentação de 45.302 admissões e 44.455 desligamentos. No ano de 2017, até então, a Bahia acumula um saldo ajustado de 7.278 empregos. Nos últimos 12 meses, a Bahia acumula um saldo de -29.005 empregos, também com os ajustes das declarações entregues fora do prazo.

Leia o release completo em: Release Caged de Julho 2017


Fonte: Observatório do Trabalho da Bahia

0 sem comentários ainda

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.