Ir para o conteúdo

Cresce o desemprego no Rio Grande do Sul

0 sem comentários ainda 1 pessoa seguindo este artigo. 3 visualizações

Segundo os resultados trimestrais da Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílios Contínua, recentemente publicados pelo IBGE, referentes ao último trimestre fixo (janeiro-fevereiro-março de 2017), foram contabilizados, no Rio Grande do Sul, 560 mil desocupados. Esse volume corresponde a uma taxa de desocupação de 9,1%.

Portanto, houve um aumento da desocupação em termos absolutos em relação ao trimestre anterior (outubro-novembro-dezembro de 2016), quando foram registrados 502 mil desocupados (+58 mil desocupados). Nesse mesmo período, a taxa de desocupação cresceu, em termos absolutos, 0,8 ponto percentual, uma vez que no trimestre anterior essa taxa era de 8,3%.

Em comparação com o mesmo trimestre do ano anterior (janeiro-fevereiro-março de 2016), observa-se que houve um forte aumento da população desocupada, de 23,08%, sendo contabilizados 105 mil desocupados a mais. Naquele trimestre móvel de 2016, haviam 455 mil pessoas desocupadas. A taxa de desocupação, que era de 7,5%, cresceu, em termos absolutos, 1,6 pontos percentuais.

Clique no link abaixo para ler o boletim completo:

A Evolucao do Desemprego no RIO GRANDE DO SUL PNADC Jan-Fev-Mar 2017

 


Fonte: http://wp.ufpel.edu.br/observatoriosocial/2017/05/24/cresce-o-desemprego-no-rio-grande-do-sul/

0 sem comentários ainda

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.