Ir para o conteúdo
Otmarica

Oficina com pesquisadores do grupo DTA, da UFRJ, discute metodologia e Rede de Observatórios

0 sem comentários ainda Ninguém está seguindo este artigo ainda. 27 visualizações

Uma oficina realizada no dia 27 de agosto em parceria entre o Observatório do Trabalho de Maricá e o Grupo de Pesquisa Desenvolvimento, Trabalho e Ambiente (DTA) teve por objetivo debater metodologias de análise do mercado de trabalho, com foco na utilização das bases de dados RAIS e CAGED do Ministério do Trabalho, e apresentar o trabalho realizado no âmbito da Rede de Observatórios do Trabalho.

O Grupo de Pesquisa DTA é coordenado pelo Prof. Dr. José Ricardo Ramalho e pelo Prof. Dr. Rodrigo Santos, ambos do Programa de Pós-graduação em Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (PPGSA/UFRJ). O encontro promoveu a interação de metodologias de análise do mercado de trabalho realizado pelos Observatórios e pelas pesquisas universitárias. Os professores chamaram para a necessidade de aproximação metodológica de análises de cadeias produtivas ou redes globais de produção (RGPs) e de análises quantitivas de atividades econômicas da CNAE através das bases RAIS e CAGED. A Rede de Observatórios do Trabalho, nesse sentido, é uma ferramenta importante de aproximação dos estudos a respeito do mundo do trabalho no Brasil.


0 sem comentários ainda

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.