Notícias

Ministério do Trabalho divulga dados do CAGED de fevereiro 2017

De acordo com CAGED, o estoque de emprego formal no Brasil apresentou aumento em Fevereiro de 2017. A expansão foi de 35.612 postos de trabalho, equivalente à variação positiva de +0,09% em relação ao estoque do mês anterior. Esse resultado originou-se de 1.250.831 admissões e de 1.215.219 desligamentos. No acumulado do ano, apresentou queda de 5.475 postos de trabalho, equivalente a -0,01%, e, nos últimos doze meses, verificou-se a redução de -1.148.845 postos de trabalho, correspondendo a uma retração de -2,91% no contingente de empregados celetistas do País.

Leia mais


Observatório Nacional divulga Boletim Especial sobre a Participação Feminina no Mercado de Trabalho

Esta edição do Boletim Especial do Observatório apresenta um panorama da situação da mulher no mercado de trabalho formal nos últimos 10 anos no Brasil. Os dados utilizados são provenientes dos registros administrativos do Ministério do Trabalho (RAIS e CAGED) e da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua do IBGE, para os anos de 2007 a 2016.

Leia mais


Caged de Janeiro será divulgado nesta sexta-feira (3)

O Ministério do Trabalho divulga nesta sexta-feira (3) os resultados de janeiro do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Os dados serão disponibilizados a partir das 16h30 pelo site http://pdet.mte.gov.br/.

Leia mais


Análise da Contribuição do Programa de Intermediação de Mão de Obra para os Gastos com Seguro-Desemprego e para Arrecadação Previdenciária

 A publicação, fruto de uma parceria entre o Observatório Nacional do Mercado de Trabalho, do Ministério do Trabalho e o Ipea, tem como objetivo calcular a contribuição do programa de intermediação da mão de obra para o deficit público brasileiro por meio de dois canais, a saber, os gastos com o pagamento de parcelas do seguro-desemprego e o apoio à arrecadação da previdência social no país. Para tanto, faz-se uso de informações provenientes da base de gestão do Seguro-Desemprego, banco de dados que compila informações do Sistema MTb Mais Emprego, responsável pela habilitação dos requerentes ao benefício. O período de análise escolhido foi de julho de 2015 a junho de 2016, que corresponde ao primeiro intervalo de 12 meses após a entrada em vigor das novas regras que regulam a habilitação ao seguro-desemprego.

Leia mais


IBGE divulga dados da PNAD Contínua para o 4º trimestre de 2016

 A taxa de desocupação foi estimada em 12,6% no trimestre móvel encerrado em janeiro de 2017. Isso representa um crescimento de 0,8 ponto percentual (p.p.) em relação ao período de agosto a outubro de 2016 (11,8%). Na comparação com o mesmo trimestre móvel do ano anterior, novembro de 2015 a janeiro de 2016 (9,5%), o quadro também foi de elevação (3,1 p.p.).

Leia mais