Notícias

Sistema PED divulga boletins sobre o emprego doméstico em 2016

Formalização do emprego doméstico avança em algumas regiões pesquisadas pelo Sistema PED, ainda que em ritmo menor. Apesar disso, em algumas áreas cresceu o número de diaristas. Mulheres com baixa escolaridade são ainda maioria da força de trabalho.

Leia mais


Observatório do Mercado de Trabalho do Maranhão realiza I OMT debate

O Observatório do Mercado de Trabalho do Maranhão (OMT-MA) inicia suas sessões mensais de debates no próximo dia 06 de abril, às 16, no auditório Mário Meirelles, no CCH; na ocasião também terá lançamento de boletim conjuntural. O evento é aberto ao público.

Leia mais


Desafios do serviço de intermediação de empregos na Bahia

7 de Abril de 2017, 8:30

Evento que visa discutir os desafios e as perspectivas do serviço público de intermediação de mão de obra na Bahia, diante do contexto atual de crise socioeconômica do país e de dificuldades no mercado de trabalho, reveladas pelo crescimento siginificativo do desemprego.

Leia mais


Em fevereiro de 2017, Construção civil e Comércio registram maiores saldos negativos no emprego formal da Bahia

Release com as principais informações do saldo de empregos com carteira assinada no mercado de trabalho da Bahia no mês de fevereiro de 2017.

Os dados foram lançados ontem (16/03/2017) pelo Ministro do Trabalho.

Boa leitura! Em breve estaremos enviando o Boletim informativo do mercado de trabalho da Bahia, com base nos dados da PED e Caged para o referido mês (informação mais recente dessas bases de informação). Os produtos estão disponíveis para download no portal eletrônico do Observatório do Trabalho da Bahia, em: http://geo.dieese.org.br/bahia/producoes_tecnicas_bahia_frame.php Consulte nossa página.

Leia mais


Ministério do Trabalho divulga dados do CAGED de fevereiro 2017

De acordo com CAGED, o estoque de emprego formal no Brasil apresentou aumento em Fevereiro de 2017. A expansão foi de 35.612 postos de trabalho, equivalente à variação positiva de +0,09% em relação ao estoque do mês anterior. Esse resultado originou-se de 1.250.831 admissões e de 1.215.219 desligamentos. No acumulado do ano, apresentou queda de 5.475 postos de trabalho, equivalente a -0,01%, e, nos últimos doze meses, verificou-se a redução de -1.148.845 postos de trabalho, correspondendo a uma retração de -2,91% no contingente de empregados celetistas do País.

Leia mais