Ir para o conteúdo
Onmt

Observatório participa do Seminário Internacional, sediado na CEPAL, sobre a importância da educação técnico-profissional como instrumento de inclusão

0 sem comentários ainda 1 pessoa seguindo este artigo. 81 visualizações

Em discurso de abertura, Alicia Bárcena, Secretária Executiva da CEPAL (Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe), falou sobre o atual processo de renovação e reformulação pelo qual o campo da educação técnico-profissional está passando na América Latina, reforçando também que este é um espaço onde os desafios da educação, do trabalho e do desenvolvimento produtivo dos países se conectam.  

 

O Seminário Internacional, que ocorreu nos dias 13 e 14 de Março na sede da CEPAL em Santiago, Chile, reuniu representantes do governo e especialistas renomados, que, sob a perspectiva de gênero, dialogaram acerca de temas como os desafios de inclusão existentes no presente e no futuro do trabalho, a educação técnico-profissional como instrumento de inclusão, e a importância da disseminação de informações sobre o mercado de trabalho. 

Segundo dados da CEPAL, em média, 60% dos jovens latinos de 20 a 24 anos concluíram o ensino médio, no entanto, apenas 10% dos jovens entre 25 e 29 anos completaram o ensino superior. Apesar disso, como elucidou Erland Skutlaberg, representante da Embaixada da Noruega, "o acesso a educação tem aumentado significativamente na América Latina, a transição entre a escola e o mercado de trabalho continua a ser um grande desafio, especialmente para as mulheres, que possuem mais anos de escolaridade, mas ainda têm as taxas de desemprego mais altas, salários mais baixos e inserção mais precária".

Em discussão sobre disseminação da informação sobre mercado de trabalho, a Analista de Políticas Públicas e atual coordenadora do Observatório Nacional do Mercado de Trabalho, Mariana Eugênio,  esteve presente expondo sobre a trajetória e experiências do ONMT e do OMTM (Observatório do Mercado de Trabalho do Mercosul), destacando as bases de gestão do Ministério e as principais estratégias e ações do Observatório. 

Bárcena enfatizou ainda a importância de pensar em estratégias, com medidas a longo e curto prazo, visando os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável para 2030, e completou: "Para passar de um cenário de incerteza para um de oportunidades, é necessário fortalecer as instituições trabalhistas e as políticas de emprego para promover o trabalho decente; ampliar o acesso a serviços sociais e infraestrutura básica de qualidade; consolidar sistemas de proteção social abrangentes e eficazes; e abordar a desigualdade de gênero para evitar seu aprofundamento e avançar em sua melhoria.". 


Fonte: http://obtrabalho.mte.gov.br/index.php/noticias2/1298-seminario-internacional-sediado-na-cepal-destaca-a-importancia-da-educacao-tecnico-profissional-como-instrumento-de-inclusao-para-atingir-maior-igualdade-na-america-latina-e-caribe

0 sem comentários ainda

Se você é um usuário registrado, pode se identificar e ser reconhecido automaticamente.